Quarta-feira, dia 9 de Outubro, foi o segundo dia de concertos da Receção ao Caloiro’13, na Universidade do Minho. Os Minhotos Marotos subiram ao palco do Pavilhão Multiusos de Guimarães para proporcionarem ao público um concerto de música tradicional portuguesa.

As expetativas por estarem ‘a tocar em casa’ não eram muito elevadas. “Não sei se [o concerto da Receção] terá tanta adesão como têm os nossos espetáculos”, confessou a fundadora do grupo, Cláudia Martins, a pouco tempo de entrar em palco. No entanto, a artista acreditava que o público iria aderir, uma vez que “não era a primeira vez” que a música popular portuguesa estaria presente “nas receções ao caloiro e nas próprias queimas”.

Apesar de o recinto não estar muito cheio quando começou a atuação, o espetáculo dos Minhotos Marotos caraterizou-se pela notada boa disposição dos membros do grupo.

Quanto ao nome escolhido, o grupo português explicou a sua escolha através da expressão “minhotos pela região, marotos pelo sentido das letras”.

Cláudia Martins desejou ainda “muita força a todos os estudantes” e a todos “os jovens que se dedicam à música popular portuguesa”.

Já não é a primeira vez que os Minhotos Marotos sobem ao palco em festas académicas. Já participaram em três no Porto: duas receções ao caloiro e um arraial. No entanto, é a primeira vez que este grupo musical atua para a academia minhota.