O HC Braga recebeu esta tarde o HC Turquel no Pavilhão das Goladas e perdeu por 2-3, em jogo a contar para a sexta jornada do Campeonato Nacional da Primeira Divisão de Hóquei em Patins.

Os bracarenses vinham de uma vitória – a primeira do campeonato – no reduto do CH Carvalhos, por 2-3, enquanto o Turquel vinha de uma derrota caseira, frente ao AD Valongo, por 1-3. A partida iniciou-se bastante equilibrada, com muitas oportunidades de golo de parte a parte. As duas equipas, separadas apenas por um ponto, procuraram incessantemente a baliza contrária, mas pela frente encontraram dois grandes guardiões, que protagonizaram exibições de grande nível.

A dez minutos do final do primeiro tempo, os comandados de André Torres podiam mesmo ter chegado à vantagem no encontro, mas Fred, isolado, não conseguiu bater o guardião do Turquel, Marco Barros. Já no final da primeira parte, o Braga podia ter marcado por três vezes, mas Marco Barros esteve sempre no caminho da bola. O intervalo chegou e as equipas recolheram aos balneários, num jogo muito disputado, onde só faltaram mesmo os golos.

Já a segunda parte teve outro registo, onde só no último quarto de hora da partida é que os golos surgiram. O Braga começou melhor, teve novamente grandes oportunidades para marcar, mas foram os visitantes que se colocaram em vantagem no encontro, à passagem do minuto nove, por intermédio de Vasco Luís, que aplicou um grande remate cruzado de fora de área e quebrou assim o nulo na partida.

Os minhotos souberam reagir e volvidos apenas três minutos, chegaram ao empate no marcador, por intermédio do avançado Fred. Adivinhavam-se assim dez minutos finais bastante animados, com ambas as equipas lutando para levar os três pontos. A nove minutos do fim do encontro, o Braga beneficiou da décima falta do Turquel e Fred, de livre direto, não desperdiçou e completou a reviravolta no marcador, estabelecendo o resultado em 2-1, para grande alegria dos adeptos da casa.

A formação da chamada ‘aldeia do hóquei’, não se deu por vencida e procurou o golo que lhe desse a hipótese de ainda discutir o resultado. Aproveitando algumas falhas defensivas do HC Braga, que se revelaram fatais, o HC Turquel chegou ao golo a cinco minutos do fim, novamente por Vasco Luís, lançando um clima de completa incerteza relativamente ao desfecho final da partida.

Foi então que Tiago Rafael, a dois minutos do apito final fez o golo que ditou nova reviravolta no resultado, desta feita para o Turquel. O jogo terminou com o resultado fixado em 2-3, numa partida muito bem disputada. O Braga não conseguiu aguentar a vantagem na reta final do encontro e o Turquel revelou-se mais forte, fator que foi crucial para o desfecho do mesmo.

O Braga soma assim cinco derrotas em seis jogos e consolida o seu lugar na zona de despromoção. Na próxima jornada, a equipa bracarense desloca-se ao Municipal de Monserrate, para defrontar o Juventude de Viana, em jogo a ser realizado no dia 7 de Dezembro, pelas 21h30.