Em jogo de atraso da 4ª jornada do campeonato nacional de hóquei em patins, a Juventude de Viana perdeu, esta quarta feira, no terreno do SL Benfica, por 10-4.

No início do jogo, a formação minhota apresentou-se mais defensiva, mas, após quatro oportunidades desperdiçadas pela equipa da casa, afinou a pontaria e cedo inaugurou o marcador, por intermédio de Gustavo Lima. O Benfica reagiu da melhor forma e Carlos Lopez empatou e fixou a igualdade no marcador.

Nos minutos seguintes, o Benfica aproveitou o recuo da formação de Viana e pôs-se em vantagem, mas por pouco tempo, pois Luís Viana, em grande forma, voltou a repor a igualdade no resultado (2-2).

A partida no Pavilhão da Luz estava em aberto, com várias oportunidades para ambas as equipas. Os encarnados aproveitaram duas falhas defensivas do Viana e marcaram dois golos ao minuto 23, o primeiro por Marco Coy e o segundo por Miguel Rocha, colocando novamente a em vantagem em dois golos (4-2). Ainda antes do intervalo, o melhor marcador da equipa minhota neste jogo, Luís Viana, diminuiu a desvantagem.

No segundo tempo, após uma primeira etapa equilibrada e viva, o Benfica entrou dominador e, aos 29 minutos, Diogo Rafael fez o quinto para os encarnados. Aos 35 minutos, através de uma grande penalidade, Marc Coy voltou a aumentar o marcador para 6-3. A Juventude de Viana vacilou e demonstrou dificuldades em superar o poderio benfiquista.

Nos minutos seguintes, Diogo Rafael bisou e João Rodrigues fez o oitavo para a formação encarnada. O minuto 44 seria, aliás, avassalador para a Juventude de Viana: Carlos Lopez e João Rodrigues estabeleceram o marcador em 10-3. A “chuva de golos” terminou com o quarto golo minhoto, através de Diogo Fernandes, que fixou o resultado final em 10-4.

Foi uma partida recheada de golos, entre duas equipas que disputavam o segundo lugar da tabela classificativa. Com este resultado, a Juventude de Viana desce para o quarto lugar, com nove pontos. Na próxima jornada, os minhotos e recebem o líder, FC Porto.