Ontem, o SC Braga/ AAUM recebeu e venceu à Associação Desportiva do Fundão, por 5-1, no Pavilhão Desportivo da Universidade do Minho – Gualtar, em jogo a contar para 12ª jornada do campeonato nacional de futsal.

O SC Braga/AAUM entrou melhor na partida e, no segundo minuto, quase fez o primeiro golo. Depois da ameaça, Fábio Cecílio abriu o marcador, aos cinco minutos: após um passe em arco, Cecílio cabeceou e colocou a equipa minhota na frente.

Em desvantagem, o AD Fundão tentou criar situações de perigo e, dois segundos antes apito final, Mário Freitas fez o golo do empate.

Na segunda parte, a equipa minhota entrou com o cinco alterado, com o Beto na baliza em vez de Pli. E foi neste segundo tempo que a equipa de Paulo Tavares deu o tudo por tudo, com rápidas transições de bola e concedeu, também, menos oportunidades à equipa visitante. Depois de algumas tentativas de golo e sucessivas trocas de bola, foi André Coelho quem, aos 32 minutos, empurrou a bola para o fundo da baliza de André Sousa, fazendo o segundo golo da equipa minhota.

Mesmo estando a vencer, os bracarenses não estavam satisfeitos e procuravam fazer mais golos. Desta forma, a AD Fundão estava a ter menos protagonismo, mas uma acção ofensiva do guarda-redes André Sousa quase deu golo do empate – fez a jogada praticamente toda, fintado vários jogadores bracarenses, mas acabou por perder a bola e a oportunidade de igualar o marcador.

No minuto 36, André Machado finalizou com sucesso, após passe de André Coelho, fazendo o terceiro golo. Nesta segunda parte, só o SC Braga/AAUM procurava golos e, a dois minutos do fim do encontro, já com o Fundão a jogar com guarda-redes avançado, Paulinho fez o quarto tento dos minhotos.

Quase a terminar a partida, Noé Pardo foi expulso, com segundo cartão amarelo, por falta sob André Coelho e, ainda nesse minuto 39, Miguel Almeida fez o quinto e último golo da partida, fixando o resultado final.

Deste modo, o SC Braga/AAUM venceu o jogo e ultrapassou os Leões de Porto Salvo – que perderam, com o Póvoa Futsal –, ascendendo, provisoriamente, ao segundo lugar.