O SC Braga derrotou o Beira-Mar no Estádio AXA por 3-0, consolidando o primeiro lugar no Grupo C da Taça da Liga, troféu do qual é detentor.

Num jogo disputado a um ritmo baixo e com uma gestão dos jogadores por parte de ambos os treinadores, os bracarenses alcançaram cedo a vantagem, através de um golo de Pardo. O colombiano aproveitou uma excelente assistência de Luiz Carlos, que com um toque subtil isolou o extremo que rematou cruzado, inaugurando o marcador aos doze minutos.

O jogo era de sentido único, com oportunidades para o Braga dilatar a vantagem, o que só não aconteceu devido ao desacerto na finalização. Até final da primeira parte, destaque para um lance em que Rafa viu o segundo golo da formação minhota, anulado por fora-de-jogo, originando protestos dos homens da casa.

A segunda parte começou com novos protestos dos bracarenses, quando Rusescu caiu na área, com o árbitro a mostrar o cartão amarelo por simulação. O romeno redimir-se-ia aos 75 minutos, com um golo apontado de cabeça, chegando ao 2-0.

Já nos descontos, o português Edinho faria o ultimo golo da partida, após um lance conduzido por Kappel, fixando o resultado final em 3-0. Na última jornada desta fase, o SC Braga recebe e discute o apuramento com o Belenenses.