Em jogo da 22ª Jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, a formação do OC Barcelos empatou, este sábado, frente ao HC Turquel (1-1). Foi um encontro equilibrado, com duas equipas a arriscar pouco durante os dois períodos, proporcionando uma partida com um resultado inusitado.

No primeiro tempo, apesar de o OC Barcelos ter uma maior posse de bola, foi da parte do Turquel que surgiu o primeiro golo da partida, numa jogada de contra-ataque, aos 9 minutos, por intermédio de Vasco Lima. Os minhotos reagiram, mais tarde, com um remate de Hugo Costa que embateu no poste da baliza adversária.

Até ao intervalo, o HC Turquel dispôs de duas excelentes oportunidades para ampliar a vantagem, obrigando a despertar a atenção de Ricardo Silva, guarda-redes que brilhou ao impedir os golos.

No regresso dos balneários, a turma de Paulo Freitas mostrou-se mais ambiciosa e com esperança de dar a volta ao resultado. O primeiro sinal chegou aos 4 minutos, com Luís Querido a desperdiçar uma grande penalidade. Mais tarde, foi a vez de Zé Pedro falhar de baliza aberta.

A palavra-chave para os barcelenses era a persistência, pois só com esta alcançariam o seu primeiro golo. O empate surgiu, aos 16 minutos, com João Marques a concluir da melhor forma.

Até ao apito final, o Turquel só pensava em segurar o empate, mas os homens da casa continuaram a lutar até ao final pela vitória. A eficácia não foi a sua melhor aliada e o jogo acabou por se fixar em 1-1.

Com este resultado, o OC Barcelos ocupa a nona posição da tabela classificativa. Na próxima jornada há duelo minhoto, com a deslocação dos barcelenses ao terreno da Juventude de Viana.