O Vitória SC perdeu, este sábado, frente à Ovarense por 83-82, no terceiro jogo dos quartos-de-final do play-off da Liga Portuguesa de Basquetebol. Deste modo, a equipa vitoriana desperdiçou a sua primeira oportunidade para carimbar o passaporte para as meias-finais, numa partida bastante disputada que necessitou de ser resolvida no prolongamento.

Durante os primeiros dez minutos do encontro, o equilíbrio foi a nota dominante, já que ambas as equipas além de se anularem mutuamente, revelaram enorme apetência ofensiva. Depois do empate a 22 pontos, no final do primeiro período, a Ovarense conseguiu aniquilar as armas ofensivas do Vitória, concedendo apenas 11 pontos ao longo do segundo período, o que lhe permitiu chegar ao intervalo na frente por três pontos de vantagem (36-33).

No começo da etapa complementar, os comandados de Fernando Sá melhoraram a sua prestação ofensiva, nomeadamente no domínio do jogo interior. Desta forma, a formação vimaranense daria a volta ao marcador, conquistando uma vantagem de quatro pontos no final do terceiro período (51-55).

No último período da etapa regulamentar, a Ovarense revelou enorme determinação e raça, facto que lhe permitiu reentrar na discussão da partida e a empatar novamente o encontro, quando faltavam cerca de dez segundos para o final. O Vitória ainda teve à sua disposição um cesto fácil debaixo do cesto mas não conseguiu evitar que a partida seguisse para prolongamento.

Já no prolongamento, o Vitória voltou a entrar bastante bem. Mas a Ovarense não baixou os braços, mantendo a incerteza no resultado até ao fim do encontro. Seria nesta toada emotiva que Nuno Morais, a três segundos do fim do prolongamento, colocaria a Ovarense na frente, por 83-82. A perder por apenas um ponto de diferença, Paulo Cunha ainda dispôs de um derradeiro lançamento, mas o internacional português não conseguiu o cesto que colocaria o Vitória nas meias-finais do campeonato.

Destaques individuais para Miguel Miranda (20 pontos e oito ressaltos) e José Barbosa (16 pontos e sete assistências) do lado da turma vareira, enquanto as exibições de João Guerreiro (20 pontos e dez ressaltos) e de Anthony Meier (15 pontos e 14 ressaltos) não foram suficientes para impedir que a Ovarense reduzisse para 2-1 o resultado da eliminatória.

Vitória SC e Ovarense voltam a encontrar-se hoje, em Ovar, no quarto jogo dos quartos-de-final do Playoff da LPB.