O Moreirense recebeu e venceu o Pedras Rubras por 2-1, em jogo referente à terceira eliminatória da Taça de Portugal.

A grande diferença de escalões entre as duas formações – a equipa do Pedras Rubras milita no Campeonato Nacional de Seniores – não se fez notar dentro das quatro linhas.

Os homens da Maia entraram em campo com sede de vitória, com os avançados Biscoito e Pedrinho a causarem alguns calafrios à formação da casa. O Moreirense,  que foi a jogo sem alguns dos habituais titulares, foi incapaz de praticar um futebol atrativo,  muito por mérito do Pedras Rubras.

Sem que nada fizesse prever, ao minuto 35, após cruzamento de Monteiro,  o avançado Arsénio cabeceou de forma certeira à baliza adversária, inaugurando o marcador no estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas.

Minutos depois,  o avançado Biscoito, com a baliza à sua mercê,  fez tudo bem, menos finalizar. O mesmo Biscoito acabaria por “adoçar” o encontro, quando à passagem do minuto 58, na cobrança de um livre direto, fez o empate.

Após a igualdade, os homens de Moreira de Cónegos acordaram e só aí mostraram realmente a vontade de vencer. Previa-se o prolongamento,  mas Cardozo não o permitiu. Ao minuto 87, o avançado que iniciou a partida no banco de suplentes,  fixou o resultado em 2-1 e, desta forma, carimbou a passagem do Moreirense à próxima fase da Taça de Portugal.

No final do encontro, o treinador Miguel Leal deu os parabéns à equipa do Pedras Rubras e mostrou estar insatisfeito com a exibição dos seus jogadores.