A ZOOM, associação cultural sem fins lucrativos sediada em Barcelos, celebra dez anos de existência durante este mês de Janeiro. As comemorações acontecem já amanhã, dia 30 de janeiro, pelas 21h30, entre o Teatro Gil Vicente (TGV) e a Casazul. Os bilhetes gerais ficam a cinco euros.

A equipa da ZOOM espera “ter casa cheia numa noite dedicada ao cinema e à música”, afirmou a responsável pela Comunicação e Imprensa da associação Inês Barreto de Faria.

As celebrações terão início no TGV com a projeção da curta “Não São Favas, São Feijocas”, da autoria de Tânia Dinis e trata-se de uma alusão a conflitos geracionais entre aqueles que dedicam toda a sua via ao campo.

À exibição da curta, segue-se o documentário “20000 Dias na Terra”, sobre Nick Cave, e comentado por Adolfo Luxúria Canibal.

Já pelas 00h00, a banda “Sensible Soccers” sobe ao palco para um espetáculo irrepetível, no qual cruzam a música e o cinema, através da manipulação do vídeo analógico.

Continuando nesta aliança entre os diferentes géneros de arte, “WHITE HAUS” apresenta o filme concerto “White Trash/White Heat”. O momento inspira-se na Nova Iorque dos anos 70, com referências diretas à trilogia cinematográfica “Flesh”, “Trash” e “Heat”, de Paul Morrissey.

A noite termina já na Casazul, no centro histórico de Barcelos, para “um pé de dança”, nas palavras da mesma responsável.

Tal será proporcionado pela dupla Emanuel Botello e Hugo Alfredo dos “Sensible Soccers”, sob o nome “Os Yeahs!”, em formato djset.

Nascida da hipótese de se criar um cineclube no seio de uma escola integrada na área artística, a ZOOM tem crescido a olhos vistos e “este foi um ano de muitas mudanças na associação e no que a associação se propõe a fazer”, segundo Inês Faria.

De olhos postos no futuro, a responsável reitera que “as expectativas são altas e perfeitamente exequíveis”, sendo desejo da ZOOM continuar com a exibição de cinema e a realização de alguns concertos no Teatro Gil Vicente. A isto, soma-se ainda a criação de oficinas, workshops e ateliers.

Esta é a celebração de dez anos de aposta no cinema independente e de autor, na música experimental, em projeções de cinema, documentários, tertúlias, exposições, performances e oficinas.