O ABC/UMinho venceu o Sporting, na meia-final da Taça de Portugal, no pavilhão Municipal de Loulé, por 33-30. Desta forma, o ABC confirmou a presença na final da prova.

O ABC entrou forte na partida e esteve quase sempre com uma vantagem de dois ou três tentos sob a equipa de Alvalade. Porém, ao minuto 21, os lisboetas empataram a partida a 14 golos. Mas nada abalou a confiança minhota, que chegou final do primeiro tempo a vencer: 20-18.

Na segunda parte, as equipas entraram mais cautelosas e isso refletiu-se na defesa que superou os ataques, pois, ao final de cinco minutos, o marcador estava em 21-18, com apenas um golo marcado a favor do ABC.

Nessa altura, já João Antunes, pivô do Sporting, tinha sido excluído da partida, após a terceira sanção. Ainda assim, a formação lisboeta tentava empatar, mas nunca conseguiu mais do que reduzir até à margem mínima.

O marcador assinalava 27-23 a favor do ABC. A partir deste momento, a equipa leonina tentou de tudo para reduzir, mas os minhotos conseguiram manter uma vantagem de cinco bolas.

A cinco minutos do final do encontro, Fábio Vidrago, ponta-esquerdo do ABC, foi expulso com cartão vermelho direto, o que permitiu à equipa de Alvalade reduzir a desvantagem de três golos. Mesmo assim, o ABC venceu a partida por 33-30.

O ABC/UMinho joga, hoje, no Municipal de Loulé, com FC Porto, a final da Taça de Portugal de Andebol.