O ABC/Uminho levou a melhor sobre o Sporting (37-36) no terceiro jogo da meia-final do “play-off” do Campeonato Nacional de Andebol. Os minhotos perderam os dois jogos anteriores frente à formação leonina, mas esta vitória mantém viva a esperança dos homens de Carlos Resende em chegar à final, onde já está o FC Porto, que eliminou o Benfica.

Com o Pavilhão Sá Leite praticamente esgotado, ABC e Sporting exibiram-se em altíssimo nível e os dois prolongamentos regulamentares, motivados pelos dois empates registados então, demonstram o equilíbrio da partida.

Foram os visitantes a entrar melhor no encontro e aos três minutos, o Sporting já vencia por três golos. Rapidamente, contudo, os bracarenses acordaram e precisaram apenas de mais quatro minutos para passar para a frente no marcador (5-3). O jogo estava repartido e o ABC, que até aos 30 segundos finais da primeira metade esteve em desvantagem no marcador, acabaria por  assegurar o empate antes do apito para o descanso.

Na segunda parte, as duas formações mantiveram a qualidade e nunca o diferencial de golos foi superior a dois. Com o jogo perto do final, quando os leões venciam por 28-29 e à espera que soasse o ultimo apito do árbitro,  Tiago Albuquerque restabeleceu novo empate e levou o jogo para prolongamento.

Nesse período, o Sporting esteve na frente até bem perto do final do tempo suplementar, mas Tiago Branquinho conseguiu voltar a restabelecer o empate. No segundo tempo, João Pinto, do ABC/Uminho, fez o 37-35, que ditou o triunfo dos arsenalistas. Até ao final dos 80 minutos, o Sporting só conseguiu reduzir para 37-36.

O ABC pode continuar a sonhar, pelo menos até à próxima quarta-feira, dia do próximo jogo frente ao Sporting, que determinará o futuro dos minhotos na prova. Em caso de vitória, os bracarenses levarão o jogo para a “negra”, que será disputada em terreno leonino.