O ABC/UMinho venceu o Avanca por 22-34, em jogo a contar para a 13ª jornada do Campeonato Fidelidade Andebol 1.

O jogo começou muito disputado e equilibrado, embora o ABC tenha conquistado uma ligeira vantagem pois, aos 22 minutos de jogo, a equipa bracarense já vencia por 10-14. Notando o ascendente da formação minhota, Carlos Martim, treinador da AA Avanca, decidiu pedir um desconto de tempo para repensar a sua estratégia e parar o ataque do ABC. Porém, não conseguiu alcançar os objetivos desejados, já que a turma orientada por Carlos Resende aumentou a vantagem para 10-17, com três golos sem resposta. O Avanca ainda conseguiu reagir e recuperou um pouco da desvantagem até ao final da primeira parte, altura em que o marcador registava um 14-19, favorável ao ABC.

A segunda parte começou bastante intensa, com várias faltas cometidas por ambas as equipas, registando-se, inclusivamente, uma expulsão para um dos jogadores do ABC. Ainda assim a equipa do Avanca viu-se incapaz de traduzir a superioridade numérica em golos , revelando dificuldades para reduzir a desvantagem.

O ABC mostrou grande capacidade defensiva, ao mesmo tempo que revelava eficácia no contra-ataque. Neste tónico, a turma minhota alcançou uma vantagem de oito golos (17-25), com 15 minutos jogados no segundo tempo.

O Avanca não mais se conseguiu impor perante os argumentos da equipa bracarense, que manteve a pressão e ampliou a vantagem até ao final do jogo, conquistando uma vitória por 22-34.