Na noite passada, o Fafe saiu derrotado do Pavilhão Municipal, por 22-26, após uma partida frente ao Benfica, segundo classificado do campeonato.

Confirmaram-se as expetativas num jogo entre extremos da tabela. O Fafe, em penúltimo, procurava fugir à zona de despromoção, enquanto os encarnados, apurados recentemente para os oitavos de final da Challenge Cup, aspiravam manter a distância de seis pontos (e um jogo a menos) para o líder, o FC Porto.

Ainda assim, a superioridade do Benfica só foi evidente na segunda parte. Até lá, as poupanças promovidas por Mariano Ortega, à luz da jornada europeia, e a prestação sólida realizada pela equipa da casa iam patrocinando uma partida equilibrada. Ao intervalo, registava-se uma desvantagem de apenas um golo para os fafenses – 10-11 –, que foi, até, anulada no início da etapa complementar.

Contudo, as ameaças foram perdendo força e o Benfica, com Belone Moreira em destaque, finalmente assumiu o seu estatuto e começou a construir uma vantagem que levaria até ao final, sem grandes sobressaltos.

Na próxima jornada, o Fafe desloca-se à zona do Porto, onde defrontará o Maia/ISMAI, no próximo sábado, dia 5 de Dezembro.