O Moreirense recebeu e venceu, por 2-0, a equipa do Nacional da Madeira, num jogo a contar para a 14ª jornada da Liga NOS. Os golos dos minhotos foram marcados ainda na primeira parte, ambos por Rafael Martins.

O jogo começou com várias perdas de bola, de parte a parte, mas foi o Moreirense o primeiro a criar perigo junto da baliza adversária, através de um remate de  fora da área de Fati, depois de dos madeirenses perderem a bola. Três minutos mais tarde surgiu o primeiro golo da partida. Fati isolou Iuri Medeiros e o internacional sub-21 português cruzou para o centro da área, onde surgiu Rafael Medeiros para colocar os cónegos em vantagem.

Os minhotos continuaram por cima do jogo, mas num contra ataque rápido do Nacional, Marcelo Oliveira quase oferecia o golo aos insulares, num lance que parecia controlado pelo defesa central dos homens da casa.

Aos 25 minutos, novo golo do Moreirense. Rafael Martins aproveitou um mau atraso para o guarda-redes Rui Silva e marcou o seu segundo golo na partida.

Até ao final do primeiro tempo ambos os conjuntos tentaram criar o terceiro golo do jogo. Primeiro, Battaglia rematou ao lado da baliza madeirense, depois de receber a bola à entrada da área. Do outro lado, foi Salvador Agra, com um remate de primeira, a criar perigo para a baliza de Stefanovic, que afastou o perigo com uma defesa apertada.

Na segunda parte, o Nacional surgiu mais ofensivo à procura do golo que reduzisse a desvantagem. Soares quase reduzia a diferença, mas Stefanovic estava atento e sacudiu a bola para fora.

A vantagem minhota esteve perto de chegar aos três golos, mas Luís Carlos falhou um golo que parecia feito. O brasileiro apareceu isolado frente a Rui Silva, depois de combinar com Iuri Medeiros, mas não foi capaz de finalizar da melhor forma.

Até ao final do jogo, o Nacional da Madeira chegou várias vezes à baliza do Moreirense, mas sem conseguir concretizar as oportunidades. O lance mais perigoso apareceu nos pés de Willyan, mas o médio brasileiro rematou por cima da baliza de Stefanovic.

Com este resultado, o Moreirense passa a somar 14 pontos e termina o ano no 13º lugar da tabela classificativa. Com mais um ponto e um lugar acima na classificação encontra-se o Nacional, que não vence há três jornadas.