O Andebol Clube de Fafe perdeu, no Funchal, frente ao Madeira SAD, por 33-27, numa partida a contar para os quartos-de-final da Taça de Portugal de Andebol Fidelidade. Com este resultado, a turma fafense falha assim a oportunidade de disputar a final four da competição.

Depois de uma vitória diante do São Bernardo, na quarta-feira,  no jogo de repetição dos oitavos-de-final, a formação minhota entrou bem no desafio, chegando mesmo a estar na frente do marcador por 10-11. O equilíbrio continuou a ser a nota dominante até ao fim do primeiro tempo, com as equipas a recolherem aos balneários empatadas a 13 golos.

No entanto, o início da segunda parte acabaria por ser fatal para as pretensões do AC Fafe. Procurando arrumar com a discussão da eliminatória, o Madeira SAD construiu um parcial de 7-0, cimentando uma vantagem decisiva, que permitiu ao insulares gerir os destinos do encontro.

Até ao fim do jogo, a turma minhota ainda encetou esforços em busca de um resultado diferente, mas a formação de Fafe nunca conseguiu pôr em causa o domínio madeirense, acabando por perder por seis golos de diferença (33-27).

Destaques individuais para Daniel Santos (seis golos) e Elias António (sete golos) do lado do Madeira SAD, enquanto Dário Andrade (dez golos) e César Gonçalves (cinco golos) foram os melhores anotadores do conjunto minhoto.

No próximo fim-de-semana, o AC Fafe volta a entrar em ação, recebendo o Sporting da Horta, num jogo a contar para a terceira jornada do grupo B do Campeonato Fidelidade Andebol 1.