O comboio Alfa Pendular vai passar a fazer ligações diárias entre Guimarães e Lisboa, segundo a CP (Comboios de Portugal) . A empresa justifica a decisão com o “aumento de passageiros”. Este novo serviço de longo curso começa a 1 de Maio e o tempo de viagem será de cerca de 3h50.

Atualmente, dois comboios Intercidades fazem a ligação diária entre Guimarães e Lisboa – um por sentido – aplicando-se agora o mesmo princípio com o comboio de alta velocidade Alfa. Assim, diariamente, passará a haver quatro ligações entre a “cidade berço” e a capital portuguesa.

Em comunicado, a CP diz que “só nos concelhos de Guimarães, Santo Tirso e Trofa vivem aproximadamente 270 mil habitantes”, “que passarão a dispor de uma oferta de longo curso mais equilibrada”. Além do fator populacional, a empresa lembra “a crescente importância turística da cidade de Guimarães, cujo centro histórico é Património Mundial da Humanidade”, que “atrai atualmente milhares de turistas”.

Para o presidente da CP, Manuel Queiró, esta decisão “surge como consequência lógica do significativo aumento de procura”. O responsável diz mesmo que “esta é uma oportunidade para a empresa reforçar o seu papel de maior transportadora nacional, indo competir directamente com o autocarro, com o automóvel e até com o avião”.

O presidente da Câmara Municipal de Guimarães diz que se trata de “um investimento público que terá um retorno para o operador público muito positivo, com um incremento da qualidade e do serviço”. Domingos Bragança acrescenta que “a CP vai ganhar muito com esta ligação, mas vão ganhar, sobretudo, os cidadãos portugueses, em especial os vimaranenses”.

O campus de Azurém da Universidade do Minho situa-se a cerca de 5 km da estação de caminhos de ferro de Guimarães.