O Braga perdeu na deslocação a Paços de Ferreira, por uma bola a zero, em jogo da 31ª jornada da Liga NOS. A turma bracarense averbou assim a sétima derrota no campeonato.

Para a Mata Real, estava garantida uma partida interessante entre um Paços que luta por um dos últimos lugares de acesso à Liga Europa e um Braga que, apesar do conforto pontual, não estava para facilitismos. A garantia vinha do técnico Paulo Fonseca, que, à semelhança de Marafona, Luiz Carlos e Josué, voltava a uma casa onde foi feliz.

Menos feliz foi esta noite de regressos, pois o compromisso dos minhotos não foi suficiente para levar de vencido um Paços de Ferreira em estado de graça, depois dos triunfos frente ao Porto e União da Madeira. E se as vitórias se vêm tornado num hábito para os pacenses, também os golos de Diogo Jota parecem ser uma constante.

Foi no final de uma primeira parte morna e com poucas oportunidades de golo, que o jovem contratado pelo Atlético de Madrid aproveitou a tabela com Bruno Moreira para atirar, ainda de fora da área, para o fundo da baliza à guarda do ex-colega Marafona.

Na altura de reagir, o conjunto minhoto conseguiu, por força de uma maior pressão, aproximar-se da baliza caseira, mas o Paços também teve oportunidades de ferir os bracarenses em jogadas de ataque rápido.

Bruno Moreira desperdiçou, aos 75 minutos, uma bola à boca do golo, servida por Diogo Jota. Pouco depois, foi o próprio Jota a rematar forte para defesa atenta de Marafona.

Na área contrária, e à medida que o final de aproximava, o Braga ia tentando o “chuveirinho”, mas o melhor que conseguiu foi um par de bolas paradas verdadeiramente perigosas. Numa delas, aos 86’, Stojiljkovic teve na cabeça uma oportunidade de ouro, mas Defendi foi lesto a fazer a “mancha”.

Em virtude da derrota, o Braga pode ver Arouca e Rio Ave aproximarem-se na tabela classificativa, contando, no entanto, com uma “almofada” mínima de cinco pontos de vantagem.

A próxima jornada prevê a receção ao Vitória de Setúbal, que soma apenas sete pontos na segunda volta do campeonato.