OC Barcelos e HC Turquel terminaram o Campeonato Nacional de Hóquei em Patins com empate a três golos. Num jogo a feijões, as duas equipas demonstraram-se descontraídas, com as duas equipas a terem o lugar já assegurado na classificação. No entanto, houve um bom espetáculo em Barcelos, naquela que foi a última jornada do campeonato.

A equipa da casa arrancou melhor na partida, ao marcar logo aos três minutos. Após o passe certeiro de Reinaldo Ventura, Pedro Mendes não desiludiu e colocou os barcelenses na frente do marcador.

Os minhotos continuaram a pressionar os visitantes, proporcionando várias jogadas de perigo, contudo pecaram na finalização. E como quem não marca, sofre, a equipa de Alcobaça deu a volta ao marcador graças às assinaturas de Alexandre Marques e Xavier Lourenço, assumindo a vantagem de 2-1 antes do intervalo.

A paragem não travou a velocidade das duas equipas que continuaram a dar espetáculo no segundo tempo, obrigando os dois guarda-redes a trabalhos redobrados.

No entanto, a pressão de Luís Querido sobre o guarda-redes do Turquel ditou nova reviravolta no marcador para os caseiros, com o capitão dos minhotos a bisar e confirmar o 3-2.

A chama do jogo não se apagava, com a pressão de parte a parte a assombrar as balizas dos guarda-redes. Contudo, as luvas de Ricardo Silva não conseguiram evitar o golo de Xavier Lourenço, na conversão de uma grande penalidade.

A intensidade do encontro continuou até ao apito final. Porém, as boas defesas e os ferros ditaram o 3-3 final.

Após este encontro do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, os minhotos terminam na quinta posição (45 pontos), enquanto o Turquel acaba na oitava (38 pontos).