É com um empate frente aos belgas do Gent (1-1) que o SC Braga inicia a campanha europeia. Na pedreira, os arsenalistas tentaram chegar à vitória, mas não conseguiram derrubar a muralha defensiva da formação belga.

O Gent chegou ao golo na primeira oportunidade de jogo, através de um livre direto de Milicevic, com o bósnio a não dar qualquer hipótese ao guardião Matheus. O esquadrão belga ia controlando a partida durante os primeiros 20 minutos, aproveitando a apatia dos bracarenses, devido ao golo madrugador.

O empate acabaria por chegar aos 24 minutos na sequência de um livre.  Bola cruzada para a área, com André Pinto a isolar-se da defesa adversária e a cabecear para o fundo da baliza. O Gent até fez o segundo golo por intermédio de Renato Neto, mas o ex-médio do Sporting CP viu o golo a ser anulado por alegada falta.

Os adeptos queriam mais, mas as oportunidades arsenalistas surgiram já perto do fim da primeira parte, através de disparos de Hassan e Bakic, com o guarda-redes do Gent a aplicar-se para evitar o segundo dos bracarenses.

Mais Gent na segunda parte. Jeremy Perbet recebe um “passe de morte” dentro da área, mas o guarda-redes minhoto, atento, impediu o segundo.  Os “guerreiros” responderam perto da hora de jogo, com Hassan a trabalhar bem dentro de área, mas o remate a passar por cima da baliza.

Wilson Eduardo também teve oportunidade para colocar o SC Braga em vantagem no marcador, mas o remate do extremo português passou ao lado do poste esquerdo. Os belgas iam tentando a sua sorte por intermédio de Coulibaly, mas o ponta de lança maliano não conseguiu dar a vitória à sua equipa.

No final da partida, o técnico, José Peseiro admitiu ter ficado surpreendido com a “exibição atrevida” do Gent.

O próximo encontro do SC Braga é frente ao SL Benfica, na Luz, em jogo a contar para a quinta jornada da Liga NOS.