A academia minhota acolheu, ontem, milhares de alunos na primeira noite da Receção ao Caloiro no Pavilhão Multisusos de Guimarães. A noite começou com as atuações dos grupos culturais da Universidade do Minho Augustuna, Tun’ao Minho e Azeituna. O palco recebeu também os já habituais Kalhambeke que aqueceram a noite antes da entrada em palco dos cabeça de cartaz, Santamaria.

Os Santamaria, banda mais aguardada pelos estudantes, cantou vários temas do seu álbum mais recente, lançado o ano passado, e um reportório mais antigo de músicas. A animação entre os estudantes marcou o início da Recepção ao Caloiro 2016 e muitos foram aqueles que cantaram as músicas bem conhecidas da sua infância como “Falésia Do Amor” e “Castelos Na Areia”.

“É muito bom cantar para pessoas que cresceram a ouvir as músicas”, afirmou a vocalista da banda, Filipa Lemos.

Para Eduarda Maria, estudante de Educação, a atuação dos Santamaria foi “muito boa porque o estilo musical permite que consigamos divertir-nos mais”, ressalvando que trazê-los à receção foi uma ideia bastante inteligente por se tratar de uma banda muito querida da infância dos jovens.

O primeiro dia da Receção ao Caloiro contou, também, com a Latada na cidade de Guimarães que teve como vencedor o curso de MIEGSI (Mestrado Integrado em Engenharia de Gestão de Sistemas Informativos), seguido do curso de Teatro e História em 2º e 3º lugar, respetivamente.