O SC Braga saiu derrotado do confronto com o Marítimo, por 1-0, em jogo a contar para a 10ª jornada da Liga NOS. Na deslocação ao Estádio dos Barreiros, os bracarenses não tiveram capacidade de contrariar a entrada aguerrida do conjunto madeirense.

A formação orientada por José Peseiro espreitava a possibilidade de subir ao 2º lugar do campeonato – em caso de vitória -, mas desde cedo se percebeu que essa seria uma missão complicada.

Os arsenalistas foram surpreendidos pelo Marítimo, que conseguiu criar um conjunto de lances perigosos numa fase ainda precoce da primeira parte. O golo acabaria por surgir através de Edgar Costa, aos 19 minutos. O avançado madeirense aproveitou um cruzamento oportuno de Patrick Vieira para finalizar de forma exemplar.

Nesta etapa inicial do jogo, o Braga mostrou sempre dificuldades em chegar ao último terço do relvado, enquanto que o Marítimo crescia na partida. Djoussé, aos 38 minutos, teve nos pés a possibilidade de ampliar a vantagem dos insulares.

Depois de um primeiro tempo menos conseguido dos bracarenses, o técnico forasteiro procurou dar mais consistência ao ataque da sua equipa na segunda metade. Ao intervalo, entraram Ricardo Horta e Wilson Eduardo para os lugares de Pedro Tiba e Óscar Benítez, respetivamente. Wilson Eduardo acabaria mesmo por espreitar o golo, mas, na cara de Gotardi, não foi capaz de fazer o empate.

Percebendo o ascendente do Braga, o treinador do Marítimo, Daniel Ramos, acabaria por mexer no 11 de forma a limitar a supremacia do adversário. Ainda assim, já perto do final do encontro, Xeka teve a possibilidade de sentenciar o empate, mas o médio não teve o discernimento necessário para colocar a bola no fundo das redes.

O Braga encontra-se agora no 5º lugar do campeonato, contabilizando 20 pontos. A 20 de Outubro, os arsenalistas recebem o Santa Clara, em jogo a contar para a Taça de Portugal.