A formação minhota conquistou frente ao AC Fafe a quarta vitória consecutiva no Campeonato Nacional de Andebol. Em jogo a contar para a 14ª jornada, a turma de Carlos Resende confirmou o favoritismo e venceu a formação fafense por 34-28.

A equipa visitante chegou com o objetivo de pontuar no Pavilhão Flávio Sá Leite, o que criou imensas dificuldades ao ABC/UMinho.

O equilíbrio no marcador manteve-se até ao minuto nove, altura em que o placard assinalava 5-5. Dois minutos depois, ao executar um livre de sete metros, Nuno Grilo colocava o ABC a vencer por 7-5. Ao minuto 17, os visitados venciam por 10-7.

Numa altura em que o jogo estava pouco interessante, com muitas falhas de ambos os lados, a aproximação dos visitantes (12-10) obrigou Carlos Resende a pedir um time-out. O intervalo chegou com um empate a 13 golos.

Começou mal a segunda parte para o ABC. A equipa de Fafe controlava o jogo e chegou a ter três golos de vantagem, aos 39 minutos. A meio do segundo tempo e após time-out da equipa de casa, o jogo voltou a equilibrar-se (22-23). Diogo Branquinho repôs a igualdade, a 11 minutos do final da partida (25-25).

O apoio incansável do público bracarense embalou a equipa, que a cinco minutos do final vencia por 30-27. Nesta altura, a equipa visitante já não conseguia contrariar o poderio atacante do ABC e penetrar a sua linha defensiva. O jogo chegou ao fim com um 34-28.

Apesar das muitas ausências, foi a quarta vitória consecutiva no campeonato para o ABC/UMinho. Com 12 golos, Nuno Grilo foi o melhor marcador do encontro. A formação minhota segue na quarta posição com 33 pontos.