O Vitória SC deslocou-se ao Estádio Municipal de Braga e venceu o SC Braga por 1-2. Os comandados de Pedro Martins souberam aproveitar da melhor forma as desconcentrações defensivas do adversário.
O início do jogo ficou marcado pelo equilíbrio. Wilson Eduardo teve a primeira grande oportunidade do encontro ao desferir um potente remate que passou a rasar o poste da baliza de Douglas. Este lance de perigo do Braga despertou o Vitória. Depois de um remate frouxo de Hurtado, a equipa vimaranense acabaria por se adiantar no marcador. Após canto na esquerda, Pedrão desviou ao primeiro poste e Josué, solto de marcação ao segundo poste, abriu o ativo. Quando se esperava a reação dos visitados (o excelente cabeceamento de Pedro Santos assim o indicava) o Vitória aumentou a sua vantagem no marcador. Após o cruzamento de Bruno Gaspar e, perante a passividade da defesa bracarense, Soares cabeceou de forma perfeita para o 0-2. Até ao fim do primeiro tempo, os “guerreiros do Minho” assumiram por completo as despesas do encontro, tendo sempre mais bola. No entanto, o Vitória teve a melhor oportunidade de golo, quando Soares enviou uma bola à barra. O pragmatismo da equipa de Guimarães fez a diferença nos primeiros 45 minutos.
Na segunda parte do encontro viu-se mais do mesmo: o Sporting de Braga teve muita posse de bola, mas quase nunca conseguiu criar perigo efetivo. A única exceção foi o lance à passagem do minuto 67 em que, após alguma confusão na área, a bola acabou por embater no poste. A turma de Guimarães, revelando sempre uma  certo dose de “cinismo”, aproveitava para chegar à baliza do adversário através de contra-ataques e em lances de bola parada. Soares e Josué testaram a atenção de Marafona.

Já a jogar com menos um homem – o central Velazquez foi expulso – o Braga ainda reduziu para 1-2. Após cruzamento da direita de Paulinho, Stojiljovic cabeceou para o fundo das redes.

Com este resultado, ambas as equipas mantiveram os mesmos lugares na tabela classificativa. O Braga é 3°, enquanto o Vitória ocupa o 5° posto. O próximo jogo da formação bracarense é contra o Vitória de Setúbal. Por outro lado, a equipa da “cidade berço” recebe o Marítimo em Guimarães.