Realizou-se, esta quarta-feira, no Auditório Nobre da Escola de Direito, a conferência “Direito e Futebol”, evento inserido na “XXI Semana de Direito”, que está a ser organizada pela Associação de Estudantes de Direito da Universidade do Minho. A palestra contou com a presença dos oradores Pedro Sousa, advogado especializado em Direito do Desporto, João Carvalho, administrador executivo do SC Braga, e Tarantini, jogador profissional de futebol.

Moderada pelo jornalista Ricardo Ribeiro, a conversa decorreu de forma bastante informal, sendo, inclusivamente, dada a oportunidade ao auditório de fazer questões aos intervenientes.

Simão Carvalho / ComUM

Simão Carvalho / ComUM

As temáticas abordadas foram várias: João Carvalho salientou alguns exemplos relacionados com transferências de jogadores e com os direitos de formação; Tarantini contou algumas das suas vivências enquanto profissional de futebol.

O experiente médio do Rio Ave falou do projeto que criou e no qual pretende sensibilizar os jogadores para prepararem o pós-carreira futebolística, afirmando que “seja qual for o nível a que um jogador jogue, tudo depende das decisões que toma”.

Simão Carvalho / ComUM

Simão Carvalho / ComUM

Na altura das questões da plateia, João Tomás, ex-profissional de futebol e atual diretor desportivo do FC Famalicão, juntou-se à conversa.

Simão Carvalho / ComUM

Simão Carvalho / ComUM

Os quatro oradores concordaram que ainda há muito a fazer em Portugal quando o tema é violência no futebol, sendo a opinião de que no país não se age em” tempo útil” praticamente unânime.

A palestra terminou com João Carvalho a explicar o papel do agente/empresário no futebol atual.