Na quarta jornada do grupo I da Liga Europa, o SC Braga empatou frente ao Ludogorets a uma bola. O domínio dos búlgaros, líderes do grupo, foi notório durante quase toda a partida. De recordar que Abel Ferreira não esteve no banco do SC Braga, uma vez que foi expulso no encontro da terceira jornada.

Na primeira parte do encontro, a equipa minhota evidenciou muitas dificuldades. O quarteto ofensivo dos búlgaros foi particularmente ativo. Aos quatro minutos, a defensiva arsenalista já sofria com os lances da equipa adversária.

No decorrer da primeira metade, a formação bracarense não conseguiu equilibrar-se no jogo e erros individuais por parte dos médios e defesas causavam sucessivas ameaças para a baliza de Matheus.

Na segunda parte, o primeiro golo da partida (para o Ludogorets) surge aos 68 minutos. Marcelinho fez o 1-0, num golo em que Matheus acaba por defender para a frente e permitir a recarga.

Contudo, os minhotos não baixaram os braços e foram atrás do empate. Fransérgio marcou a sete minutos do final. O médio respondeu de cabeça, na sequência de um cruzamento perfeito de Jefferson.

No entanto, os minutos antes do final da partida foram decisivos.

Broun ainda afastou um bom remate de Jefferson em cima do minuto 90 e os três minutos de compensação foram agitados para a baliza de Matheus. Ainda assim, 1-1 foi o resultado final em Razgrad.

O outro jogo do grupo C também terminou com igualdade a uma bola, conseguida nos últimos momentos do jogo pelo Istanbul Basaksehir na receção ao Hoffenheim.

Com este empate, o SC Braga mantém o segundo lugar no Grupo C. A equipa de Abel Ferreira soma sete pontos, menos um que o Ludogorets e mais três que os alemães do Hoffenheim.

Desta forma, os arsenalistas podem garantir já no próximo jogo o apuramento para os 16 avos-de-final da Liga Europa.

Na próxima ronda, o SC Braga recebe o Hoffenheim em casa e só precisa de um empate.