Depois de Lisboa, Porto e Algarve, a empresa de transportes Uber expande-se hoje para Braga. Numa altura em que a regulamentação do setor ainda está a ser discutida na Comissão de Economia, Inovação e Obras públicas, a multinacional norte-americana dá mais um passo no crescimento ibérico.

Este anúncio foi feito pelo diretor-geral da empresa para a região ibérica, Rui Bento, que afirmou que Braga era a cidade onde mais pessoas abriam a aplicação à procura do serviço que, até ontem, se mostrava indisponível nesta cidade.

O diretor afirma ainda que, com esta nova expansão, “mais de 50% dos portugueses têm acesso a um Uber a menos de cinco minutos”. A chegada da empresa de transportes à cidade dos arcepbispos conta com uma parceria com o Sporting Clube de Braga, que poderá facilitar a ida dos adeptos ao estádio em dias de jogo.

O serviço UberX, irá permitir que os utilizadores se desloquem, por exemplo, entre a Praça da República e o Braga Parque, numa viagem com custo entre dois a quatro euros, ou entre a Sé de Braga e o Bom Jesus entre quatro a seis euros.

Para utilizar este serviço, que conta com mais de cinco mil motoristas em Portugal é necessário instalar a aplicação UberX, que corresponde ao serviço lowcost da empresa americana. A diferença está nos carros, que são de gama mais baixa e no preço das tarifas que têm um mínimo de 2,5 euros contra os oito euros da gama mais alta da empresa, UberBlack.