Vianenses começaram a ganhar, permitiram a reviravolta e voltaram para a frente do marcador. Bracarenses continuam na zona perigosa da tabela classificativa.

O HC Braga e a Juventude de Viana mediram forças esta terça-feira, em jogo a contar para a 12ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins. Num confronto entre duas equipas minhotas, os vianenses levaram a melhor ao baterem os comandados de Vítor Silva por 2-5.

A formação visitante entrou melhor, inaugurando o marcador aos sete minutos, por Tó Silva. A resposta por parte do conjunto de Braga demorou apenas quatro minutos, com Tomás Castanheira a fazer o empate (1-1).

Os vianenses podiam ter ganho nova vantagem, mas, aos 15, Gonçalo Suissas desperdiçou um livre direto. Em consequência, a formação da casa conseguiu a reviravolta no placard no minuto seguinte. Tomás Castanheira volta a faturar para os bracarenses, colocando-os na frente, pela primeira vez, no encontro.

Antes do intervalo, o conjunto de Viana do Castelo reagiu. Aos 21, João Ramalho empatou a partida e, logo a seguir, concretizou novamente, dando vantagem aos vianenses (2-3).

Já no segundo tempo, manteve-se a toada de equilíbrio, sendo a finalização e a performance dos guarda-redes os fatores decisivos. Até aos 21, Francisco Veludo e Jorge Correia foram insuperáveis.

Nesse mesmo minuto, o HC Braga viu o guarda-redes vianense defender um livre direto de Tomás Castanheira, que podia ter dado o empate. Segundos depois, num lance igual, Emanuel Garcia não falhou e aumentou a vantagem para 2-4. Logo a seguir, André Azevedo fez o 2-5 e fechou o resultado.

Com este resultado, os bracarenses continuam no 12º lugar, com sete pontos, e na próxima jornada deslocam-se a Turquel. Por outro lado, a Juventude de Viana mantém-se no sétimo lugar, com 18, e no desafio seguinte recebe o OC Barcelos para mais um dérbi minhoto.