Na visita ao líder do campeonato, minhotos sofreram a derrota mais pesada da época. Miguel Rocha foi o melhor jogador da partida, com quatro golos marcados.

Em partida a contar para a 15ª jornada do Campeonato Nacional de Hóquei em Patins, a equipa do Juventude de Viana saiu derrotada do terreno do SL Benfica, por 11-2. Num jogo onde os minhotos não puderam contar com os lesionados André Azevedo (que ficará de fora para o resto da época) e Francisco Silva, a formação de Viana do Castelo não conseguiu contrariar o favoritismo encarnado, caindo com estrondo no Pavilhão da Luz.

Era já esperada uma dificuldade extrema na visita ao líder do campeonato. E a verdade é que as águias comprovaram o favoritismo inicial. Desde cedo, o SL Benfica mostrou possuir melhores armas que o seu adversário e, logo aos seis minutos, Diego Rafael inaugurou o marcador para a equipa da casa.

A turma vianense não conseguia impor o seu jogo e ao intervalo já perdia por 6-0. Dois golos de João Rodrigues e um tento para Carlos Nicolía, Jordi Adroher e Miguel Rocha davam volume à vantagem encarnada.

No segundo tempo, a toada do jogo manteve-se, com a equipa da casa a prolongar o caudal ofensivo. Com três golos em apenas três minutos, o Benfica aumentou a vantagem para 9-0. A equipa minhota ainda conseguiu reduzir por intermédio de Nelson Pereira.

Até ao fim os encarnados ainda tiveram tempo de fazer mais dois golos. Já Tó Silva fez o segundo para o Juventude de Viana, fixando o resultado em 11-2. Um resultado expressivo que deu a vitória caseira às “águias”.

Com esta derrota, a turma de Viana do Castelo põe fim ao seu ciclo vitorioso e encontra-se agora na sétima posição com 24 pontos. Na próxima jornada, a equipa minhota recebe outro dos grandes do hóquei em patins português, o FC Porto.