Apesar do jogo ter sido equilibrado, o Vitória SC saiu vencedor do embate com o CD Aves por 2-1. A equipa vimaranense está de volta às vitórias na Liga NOS.

O Estádio D. Afonso Henriques foi palco de mais uma partida da 27ª jornada da Liga NOS, onde o Vitória SC entrou em campo com o objetivo de regressar às vitórias na competição. A formação vitoriana cumpriu esse intento e ganhou ao CD Aves por 2-1.

Ao estarem mais de um mês sem vencer no campeonato, os minhotos aspiravam travar essa tendência neste embate e demonstrar que a equipa não ficou abalada após a derrota sofrida às mãos do Portimonense SC, por 2-1, na jornada anterior.

Em antevisão do encontro, o treinador vitoriano, José Peseiro, referiu: “Temos de fazer melhor e eles sabem disso. É um momento importante e temos de ganhar, mostrando carácter e personalidade.”

Por sua vez, o CD Aves chegou a Guimarães com a intenção de regressar às vitórias, após a derrota sofrida na semana anterior frente ao SL Benfica, por 2-0. Para além disso, os avenses também aspiravam vencer para se afastarem dos lugares de despromoção.

José Mota, técnico do CD Aves, em antevisão ao jogo, mencionou que a equipa tinha como objetivo “inverter a tendência de resultados negativos em jogos frente ao Vitória SC”. Adicionou ainda que competia aos seus jogadores “contrariar a vontade de vencer dos vimaranenses, ao jogar da mesma forma tranquila, rigorosa, disciplinada e ambiciosa com que tinha jogado nos últimos encontros.”

A partida, arbitrada por João Pinheiro, teve um início equilibrado e com uns minutos iniciais calculados e com poucas oportunidades, sendo que ambas as equipas estavam a apalpar terreno.Aos seis minutos de jogo, é de destacar uma grande penalidade assinalada a favor do Vitória SC, após falta sofrida por Rafael Martins na grande área do CD Aves. Na conversão, Paolo Hurtado aproveitou para fazer o seu sétimo golo no campeonato e quebrar a igualdade na partida, estabelecendo o resultado em 1-0, a favor dos vitorianos.

Com o avançar do tempo, o CD Aves não deu o jogo como perdido e foi em busca do empate, ao conseguir ter mais posse de bola e causar vários problemas aos vitorianos, criando várias lances de perigo junto da baliza de Miguel Silva.

Por sua vez, o Vitória SC começou a apostar no contra-ataque, conseguindo mesmo assustar o adversário ao minuto 23 com um remate de Paolo Hurtado ao poste, após a conversão de um livre de Héldon. Após este momento, os Conquistadores ganharam confiança e equilibraram a posse de bola do encontro, contando com um grande apoio dos seus adeptos.

Porém, o CD Aves continuou a lutar e a criar perigo, conseguindo mesmo chegar ao empate aos 39 minutos de jogo, com um cruzamento de Nélson Lenho para Amilton Silva, que conseguiu o terceiro golo na Liga NOS.

É de salientar a lesão do médio dos avenses, Vítor Gomes, a poucos minutos do fim da primeira parte, que devido a dores musculares na coxa direita foi forçado a sair, dando lugar a Cláudio Falcão. O equilíbrio manteve-se até ao intervalo, com ambas as equipas a dirigirem-se aos balneários esperando melhorar alguns aspetos do seu jogo no segundo tempo.

Na segunda parte, o equilíbrio manteve-se entre as formações, com ambas a criarem oportunidades e com uma disputa no meio-campo interessante. Porém, foi o Vitória SC que se mostrou mais forte, ao conseguir criar dificuldades à defesa do CD Aves no decorrer do segundo tempo. A equipa de José Peseiro chegou mesmo à vantagem no decorrer do minuto 71, mais uma vez com um cruzamento de Héldon para o golo de Hurtado. Assim, o peruano bisava na partida e colocava o resultado em 2-1, a favor dos Conquistadores.

Ao verem o tempo escassear, os avenses fizeram os últimos esforços para empatar, porém, a defesa ativa do Vitória SC não o permitiu. Após esta vitória, a turma de José Peseiro sobe ao nono posto da Liga NOS, com 33 pontos. Assim, os minhotos ganham motivação para a deslocação ao Estádio da Luz, no próximo dia 31 de março, onde defrontam o SL Benfica.

Por sua vez, o CD Aves encontra-se no 13º lugar da competição, com 25. Os avenses preparam o próximo embate frente ao Vitória FC, em casa, no dia 29 de março.