Derrota em Santa Maria da Feira complica luta pelos lugares europeus.

Em jogo a contar para a 31ª jornada da Liga NOS, o Vitória SC deslocou-se a Santa Maria da Feira e perdeu com o Feirense por 2-1. Com este resultado, a turma orientada por José Peseiro pode ser ultrapassada na tabela classificativa pelo Portimonense, caso a formação algarvia consiga vencer em Chaves.

Numa partida em que os adeptos vitorianos “disseram presente”, foram os visitados os primeiros a criar perigo. Numa boa jogada de envolvência do Feirense, Crivellaro rematou de pé esquerdo, fazendo o esférico passar perto do poste da baliza à guarda de João Miguel Silva.

O Vitória SC respondeu da melhor forma e, à passagem do minuto dez, acabou mesmo por chegar ao golo. Raphinha, com um potente remate de fora da área que ainda desviou numa defesa contrário, abriu o marcador, fazendo o seu 15º tento no campeonato.

Se o golo dos forasteiros poderia significar uma dose extra de pressão para os pupilos de Nuno Manta Santos – na medida em que, em caso de derrota, o Feirense complicava ainda mais a luta pela permanência –, a verdade é que o clube de Santa Maria da Feira chegou ao golo um minuto após o tento vimaranense.

Na sequência de uma excelente jogada individual de Luís Machado, João Silva conseguiu antecipar-se a Pedro Henrique e empurrou para o fundo das redes, restabelecendo o empate no marcador. Até ao fim da primeira metade do encontro, destaque para a irreverência de Raphinha e para uma excelente defesa de João Miguel Silva quando estavam jogados 29 minutos.

Os guarda-redes voltaram a estar em evidência no início do tempo complementar da partida. Já depois de João Miguel Silva ter feito uma intervenção, que entra na luta para a defesa da jornada, a remate de Luís Machado, Caio Secco não quis perder protagonismo e mostrou-se atento a dois remates de Tallo.

Quando muitos já pensavam que o empate seria o resultado no fim dos 90 minutos, o Feirense escreveu um desfecho diferente para o encontro. Na sequência de um canto cobrado na direita por Tiago Silva, Briseño, no terceiro andar, surgiu para cabecear para o fundo das redes, fazendo o 2-1 final.

Apesar da vitória, os fogaceiros permanecem em zona de despromoção. Já o Vitória SC, que na próxima jornada recebe o Moreirense para o dérbi minhoto, continua no décimo lugar da Liga NOS.