Espaço destina-se aos escalões de formação do clube, que contam com cerca de 350 atletas.

O Futebol Clube de Famalicão inaugurou este sábado a academia do clube. Localizada na União de Freguesias famalicense de Esmeriz e Cabeçudos, estas infraestruturas são direcionadas para o futebol de formação do emblema minhoto.

FC Famalicão

Diogo Rodrigues / ComUM

A Academia FC Famalicão vai servir cerca de 350 jovens jogadores. O centro de treinos conta com três relvados de piso sintético, balneários para 12 equipas, loja do clube, gabinetes técnicos, ginásio, auditório, residência para jogadores e espaços de estudo e de lazer.

Para Jorge Silva, presidente do emblema minhoto, a criação destas infraestruturas são um sinal do “crescimento sustentado” do FC Famalicão. O dirigente salientou também que a academia será um importante auxílio sobretudo para os escalões de iniciados, juvenis e juniores, que competem nos campeonatos nacionais.

Por seu turno, Manuel Machado, presidente da Associação de Futebol de Braga, referiu que o emblema famalicense é, cada vez mais, “uma das referências desportivas do distrito”. Já Pedro Proença, presidente da Liga Portugal, deu o exemplo do FC Famalicão como um clube voltado para o futuro.

Em representação da Federação Portuguesa de Futebol, o vice-presidente Hermínio Loureiro elogiou o trabalho que tem sido desenvolvido pela coletividade minhota na “valorização do jogador português”. A terminar a cerimónia, Paulo Cunha, presidente da Câmara Municipal de Famalicão, reforçou a ideia de que a aposta no desporto é fundamental para a cidade, tal como acontece nas áreas da saúde e da educação.

A obra começou a ser construída há um ano, sendo que o investimento foi de 1 milhão e 300 mil euros. Depois da inauguração, está previsto brevemente o alargamento da academia, com o intuito de abranger um centro de estágios para a estrutura do futebol profissional do FC Famalicão.