Afastado dos relvados desde o final de 2016, Mauro diz adeus ao futebol. Médio do SC Braga contraiu uma infeção bacteriana que o colocou em risco de vida.

Mauro, um dos capitães do SC Braga, anunciou o fim da carreira como futebolista profissional, em entrevista ao jornal O Jogo. O médio de 27 anos sofreu uma grave lesão no joelho em novembro de 2016 e contraiu, posteriormente, uma infeção bacteriana, o que o fez pendurar as chuteiras.

O brasileiro, que em Portugal também representou o Gil Vicente, explicou que teve de ser operado ao ligamento cruzado lateral do joelho direito e ao menisco. Nessa altura, Mauro apanhou uma bactéria rara que o obrigou a fazer várias cirurgias, a última das quais em novembro passado. Face às dificuldades em mover-se, o jogador decidiu abandonar o futebol.

“Corri risco de vida, podia ter morrido devido à infeção”, admitiu o atleta, revelando que os médicos ponderaram amputar-lhe a perna. Em relação ao futuro, assumindo que perdeu um pouco da paixão que tinha pelo futebol, Mauro referiu que ainda não tem nenhum plano em mente.