Bracarenses foram superiores, mas eficácia ucraniana acabou por ditar o empate. Ricardo Horta, dos minhotos, e Karavaev, do Zorya, foram os marcadores dos golos do encontro.

No primeiro jogo oficial da temporada, o SC Braga viajou até à Ucrânia para enfrentar o Zorya, tendo empatado 1-1, numa partida a contar para a primeira mão da terceira pré-eliminatória da Liga Europa. Era previsto um jogo de enorme equilíbrio, uma vez que ambas as equipas queriam ganhar para dar o primeiro passo na eliminatória.

Apesar disso, a turma de Abel Ferreira entrou melhor no encontro, fazendo subir desde cedo as suas linhas para rapidamente chegar ao golo. Contudo, a equipa da casa não se deixou levar pelo jogo dos bracarenses, aparecendo sempre na hora certa para evitar o perigo. No minuto 15, Fransérgio teve nos pés a primeira oportunidade para adiantar os minhotos na partida. Através de um passe longo de Matheus, que apanhou desprevenida a defensiva do Zorya, o médio brasileiro isolou-se e rematou ao lado da baliza de Luis Philippe.

Os ucranianos responderam da melhor maneira às investidas da formação minhota. Passado três minutos, fruto de um mau alívio da defesa arsenalista, Karavaev, no cara a cara com Matheus, rematou por cima, falhando a possibilidade de inaugurar o marcador. Já nos últimos dez minutos do primeiro tempo, Ricardo Horta desmarcou-se do seu homem, mas falhou na frente de Luis Philippe, que interveio no encontro com uma excelente defesa. Ambos os conjuntos foram para o descanso com o marcador a assinalar um empate a zero.

Na segunda metade da partida, a história foi outra. Os bracarenses continuaram a insistir e a pressionar a defensiva ucraniana, causando cada vez mais perigo. Ao minuto 56, a partir de um lançamento, Ricardo Horta fugiu aos centrais do Zorya, rematando à trave da baliza de Luis Philippe. A falta de eficácia começava a penalizar os minhotos, até que, no minuto 69, o internacional português colocou o SC Braga em vantagem. Fruto de um cruzamento de Ricardo Esgaio, Ricardo Horta rematou de primeira para o fundo da baliza da equipa da casa. Estava, desta forma, feito o 0-1.

No entanto, o conjunto da cidade de Luhansk não demorou muito tempo a responder e logo ao minuto 72 igualou o encontro. Depois de um corte incompleto de Sequeira, a bola sobrou para Karavaev, que, num remate de primeira, não deu qualquer hipótese a Matheus. Estava, desta maneira, feito o 1-1. Os ucranianos ainda tentaram chegar à vantagem nos últimos minutos através de vários remates de longa distância, só que o guarda-redes arsenalista esteve atento. O jogo terminou com o marcador a assinalar um empate a uma bola.

Com este resultado, o SC Braga sai em vantagem para o encontro da segunda mão, a realizar-se no dia 16 de agosto, em Braga, devido ao golo marcado fora de portas. Neste domingo, dá-se o arranque do campeonato, recebendo os minhotos o CD Nacional no Estádio Municipal de Braga, pelas 20h30.