Equipa minhota procura a manutenção depois de ter subido na temporada passada. Duelos com FC Porto e SL Benfica no início do campeoanto prometem ser um duro teste para os pupilos de José Vieira.

Depois da promoção à elite do andebol nacional na época passada, com um 2º lugar na fase final, o CCR Fermentões prepara-se para uma época dura. O objetivo do clube, que já há vários anos não marcava presença na 1ª Divisão de Andebol ( nunca esteve no novo formato, Andebol 1), passa pela manutenção.

Para garantir a principal meta nesta nova página do clube, o CCR Fermentões conseguiu segurar vários jogadores com estatuto de imprescindíveis na época transata. O clube acabou por adensar ainda mais as escolhas do técnico, José Vieira, visto que o contexto competitivo da equipa vimaranense este ano vai, à partida, elevar a sua exigência.

Com reforços para quase todos os setores, saltam à vista os nomes de Gonçalo Areias, central ex- Arsenal da Devesa, autor de 64 golos na época transata; Rui Rolo, lateral que também atuava na equipa bracarense e o veterano Paulo Silva, que conta com uma vasta carreira em clubes portugueses e em vários emblemas italianos.

Possuindo um plantel relativamente jovem, a equipa do CCR Fermentões promete manter os pergaminhos da época anterior para fazer face a esta etapa que se adivinha tão aliciante como perigosa. Os primeiros dois desafios podem dar o mote para uma época tranquila ou então para um início algo titubeante, dependendo dos resultados alcançados. Afinal, a equipa de José Vieira tem pela frente uma receção ao FC Porto e uma deslocação à Luz na jornada seguinte