A Fibrenamics – Plataforma Internacional da Universidade do Minho - promoveu na segunda-feira e terça-feira, no Forte de S. Julião da Barra, em Lisboa, a AuxDefense Conference.

O Ministro da Defesa Nacional, José Azeredo Lopes, apadrinhou, na segunda-feira, em Lisboa, a primeira conferência mundial sobre materiais avançados para a defesa promovida pela Fibrenamics. Além de José Azeredo Lopes, que compareceu na sessão de abertura, a conferência contou, também, com representantes dos vários ramos das Forças Armadas Portuguesas. Para além disso, estiveram presentes 200 especialistas internacionais.

A AuxDefense 2018 partiu com o objetivo de representar um fórum para troca de ideias, apresentando os mais recentes desenvolvimentos e tendências, propondo novas soluções e promovendo colaborações internacionais. A conferência reuniu pela primeira vez universidades, centros de investigação militar, empresas e centros tecnológicos na discussão sobre o desenvolvimento e pesquisa nas áreas da nano e microtecnologia, biotecnologia, materiais invisíveis, materiais e estruturas inteligentes e geração e armazenamento de energia.

A conferência resultou do trabalho levado a cabo pelo projeto AuxDefense, um consórcio que associa a Universidade do Minho através da Plataforma Internacional Fibrenamics, o Exército Português e a Força Aérea Portuguesa a cinco empresas portuguesas da região norte – Fibrauto, IDT Consulting, Latino Group, LMA e Sciencentris. Além do Programa Científico, que se estendeu das 9h às 18h, um Programa Social esteve disponível no final de cada dia, com o intuito de exibir ou mostrar a cultura e o património local