Acionistas aprovam relatório e contas do clube. Capital da SAD sobe até aos 3 milhões de euros.

Os acionistas da Sociedade Anónima Desportiva (SAD) do Vitória SC aprovaram, esta quinta-feira, no Estádio D. Afonso Henriques, o relatório e contas referente à temporada 2017/2018. A SAD do clube minhoto apresentou um lucro de 810 mil euros.

Apesar deste valor, o documento também demonstra o aumento do passivo em cerca de 10 milhões de euros, fruto do investimento em jogadores para a nova época, cifrando-se agora nos 23 milhões. Com isto, os acionistas questionaram Júlio Mendes, presidente do Conselho de Administração, sobre a gestão da sociedade desportiva dos vimaranenses.

Segundo a agência Lusa, o lucro apresentado resulta da diferença entre os 13 milhões de euros ganhos em vendas de jogadores e os 12 milhões de gastos referentes à aquisição de passes de atletas. O saldo positivo permite a subida do capital da SAD de 2,26 milhões de euros para um valor a rondar os 3 milhões.

A Assembleia Geral ficou ainda marcada pela tomada de posição do acionista Vitória, detentor de 40% do capital social. O investidor retirou a confiança a Daniel Rodrigues, mas o presidente da Assembleia Geral vitoriana informou os acionistas que não tenciona demitir-se.