O anúncio foi feito este sábado no Salão Nobre da Universidade do Minho.

Ao fim de 27 anos, a Associação Recreativa e Cultural da Universidade do Minho (ARCUM) reformulou o seu logótipo, assim como o seu site. Vítor Silva foi o designer encarregue pela nova cara da associação que alberga seis grupos culturais da academia minhota.

É “sem grandes floreados” que André Marcos, presidente da ARCUM, define o novo logótipo da organização. Com destaque para a letra “C”, trata-se da “afirmação da ARCUM como uma efetiva associação de cariz cultural”.

Para Francisca Vilas Boas, diretora do departamento de comunicação e relações externas da ARCUM, a particularidade da letra “C” transmite a essência da associação: “cultura e conexão entre os grupos, não só a nível interno, dentro da ARCUM, como a nível externo, com a cidade”.

Como a música é a linha condutora entre os seis grupos culturais presentes na associação, o logótipo tem pautas musicais como base. André Marcos considera, também, que esta nova imagem é “mais eterna, porque não está ligada a nenhuma moda”.

Nas redes, a ARCUM está igualmente de cara lavada. Daniel Carvalho e Fábio Ramalho foram os criadores do novo site da associação. Com a nova imagem surge o projeto da Escola de Música, algo que, para André Marcos, “tem estado um bocado apagado nos últimos tempos”. Ainda sem data definida, a reabertura da Escola de Música “está para breve” e contará com parcerias com juntas de freguesia e escolas.