Pela primeira vez em Portugal, Midori Takada encantou o público bracarense com um espetáculo de purificação espiritual.

Foi esta passada terça-feira que a compositora e percussionista japonesa de culto, Midori Takada, brindou o público com um espetáculo no Seminário de Nossa Senhora da Conceição, fazendo desta a sua primeira atuação em Portugal. A artista não desiludiu e proporcionou ao público um concerto de mestria, ao colocar as emoções dos espectadores à flor da pele, permitindo-os viajar num plano espiritual.

Num ambiente de serenidade e bastante simplista, Midori Takada manejou os diversos instrumentos musicais com mestria – nomeadamente a marimba, o gongo, os pratos e os timbalões –  preenchendo o espaço com as suas sinfonias de harmonias entrelaçadas. Um concerto que permitiu o público sentir de forma intensa todos os sons emitidos, fortes e suaves, graves e agudos, levando alguns espectadores às lágrimas pela emoção da composição.

Midori Takada, para além da “dança” que fazia por entre os instrumentos, também comunicou com o público, usando o inglês. Fez reflexões sobre o ser humano, sobre as memórias e sobre a própria existência que, no seu tom de voz firme e preciso e em conjunção com as composições musicais, sensibilizaram ainda mais o público bracarense presente Seminário.

Uma primeira vez em Portugal que resultou num maravilhoso, relaxante e espiritual concerto. A artista japonesa passará ainda por Espinho e Lisboa para mais dois espetáculos.