Minhotos triunfam e sobem na classificação. Heriberto Tavares foi o homem do jogo.

O Moreirense visitou, este sábado, o reduto do GD Chaves, de onde saiu vitorioso, com um triunfo por 1-2. Os cónegos dificultaram cada vez mais a vida à turma flaviense ao não ceder perante o adversário, que continua em último lugar ao fim de 13 jornadas.

Após o apito inicial, a equipa da casa mostrou-se capaz impor o seu jogo, dominado a posse de bola. Contudo, a primeira oportunidade de golo foi para Moreirense, numa desmarcação de Heriberto Tavares, onde Ricardo não permitiu a faturação.

A extremidade esquerda da equipa de Tiago Fernandes constituiu uma enorme ameaça na primeira parte, demonstrando muita qualidade e atitude ofensiva. Foi desse lado que, após um contra-ataque dos flavienses, o central dos axadrezados cometeu falta sobre Niltinho e o árbitro da partida assinalou grande penalidade.

Ao minuto 22, Bressan assumiu a responsabilidade para bater o penálti, mas acabou por mandar a bola aos ferros, mantendo assim o resultado inicial. Antes da recolha aos balneários, o jogo manteve-se equilibrado e com poucas oportunidades de golo para ambas as equipas.

Na segunda parte, logo ao minuto 51, os forasteiros conseguiram finalizar, mas o árbitro recorreu ao vídeo árbitro e anulou a vantagem para o Moreirense. Não foi preciso muito mais tempo para a turma de Ivo Vieira voltar a criar perigo na baliza do GD Chaves. Aos 60 minutos, com um cruzamento de Chiquinho, Ndiye subiu e, de cabeça, encostou a bola para dentro das redes.

Com o marcador a registar 0-1, a formação da casa mostrou que queria dar a volta ao resultado e conseguiu ser mais agressiva ofensivamente pelas alas. Por outro lado, os forasteiros jogavam à defesa para segurar a vantagem. O novo treinador da equipa da casa, Tiago Fernandes mandou mais dois jogadores para dentro de campo a partir de substituições, para tentar conseguir sair do jogo com pelo menos com um ponto.

Segundos depois, já ao minuto 75, um remate fora de área foi mal aliviado por Ricardo e João Aurélio aproveitou a distração da defesa dos flavienses para a meter dentro da baliza. Mesmo com uma vantagem de dois golos, o último colocado do campeonato não desistiu da partida e arrancou sempre para o ataque. Aos 77 minutos, Ghazaryan encontrou Niltinho isolado e, no frente a frente com Jhonatan, finalizou da melhor forma.

Os minhotos sentiram-se ameaçados até ao final do encontro, com o GD Chaves a pressionar desesperadamente, mas acabaram por segurar o resultado e regressar às vitórias. Heriberto foi considerado o homem do jogo ao final de 94 minutos.

Com este resultado de 1-2, os axadrezados alcançam, provisoriamente, o sexto lugar na classificação geral com 19 pontos. Na próxima jornada do campeonato, o Moreirense joga em casa frente ao Boavista, mas antes mede forças com o FC Porto. A partida é no Estádio do Dragão, dia 18 de dezembro, a contar para os oitavos de final da Taça de Portugal.