Golos de Hannah Keane e Farida Machia asseguraram triunfo minhoto. SC Braga tem agora cinco pontos de vantagem sobre o Sporting CP.

Na visita a Alcochete, a equipa feminina do SC Braga venceu o Sporting CP por duas bolas a zero. Num duelo entre o primeiro e o segundo classificados, a formação minhota foi mais eficaz, conseguindo segurar a vantagem durante todo o encontro. A partida foi referente à décima jornada da Liga BPI.

As minhotas sabiam de antemão que iriam defrontar o adversário mais difícil até à data. Com um registo impressionante de nove triunfos em nove jogos, com 54 (!) golos marcados, o conjunto da cidade de Braga entrava para o jogo com os índices morais elevadíssimos.

Apesar disso, foi o conjunto da casa que entrou mais agressivo, conseguindo um par de oportunidades para inaugurar o marcador. Porém, seria o SC Braga a adiantar-se no marcador. Aos 17 minutos, a norte-americana Hannah Keane bateu a guarda-redes leonina Patrícia Morais, colocando as minhotas na frente. A equipa da casa ainda estava a “sarar” as feridas e, cinco minutos depois, Farida Machia fez o 2-0, numa excelente finalização.

Na segunda metade era esperado um forcing por parte das leoas, na procura de reduzir a desvantagem. Agora com bastante menos bola, a turma minhota procurou sobretudo segurar a vantagem trazida do primeiro tempo. A jogadora leonina Tatiana Pinto ainda teve a oportunidade, aos 76 minutos, de fazer o 1-2, mas não conseguiu converter a grande penalidade. Carly Gould viria a receber ordem de expulsão ao minuto 80, colocando a formação minhota numa situação pouco confortável, mas as bracarenses iriam conseguir segurar os três pontos preciosos na luta pelo título nacional.

Com este resultado, o conjunto orientado por Miguel Santos segue na liderança do campeonato, somando agora 30 pontos, mais cinco que o rival leonino. Na próxima jornada há dérbi minhoto, com o SC Braga a receber o Vilaverdense.