Homem-Aranha: No Universo Aranha é a representação mais fiel ao símbolo do Homem-Aranha, ao mesmo tempo que não segue o mesmo formato dos anteriores filmes e projetos mediáticos do super-herói. Com uma história e uma narrativa diferente e intrigante, aliado a um estilo artístico nunca antes visto em cinema, este filme demonstra muito bem o que significa ser o Homem-Aranha.

2018 foi muito bom para os fãs do Homem-Aranha, visto que o super-herói esteve representado num dos filmes mais bem sucedidos do ano, Os Vingadores: Guerra do Infinito, e obteve um videojogo de grande qualidade lançado na Playstation 4. Por coincidência, o criador mais mediático do herói, Stan Lee, faleceu em novembro do mesmo ano, apenas um mês antes da estreia de Homem-Aranha: No Universo Aranha.

homem aranha no universo aranha

Por isso, mesmo antes de já estar disponível ao público a 13 de dezembro, o filme, criado por Phil Lord e Rodney Rothman, já sofria grandes expetativas. E é seguro dizer que foram claramente alcançadas e até ultrapassadas, pelo facto da obra cinematográfica fugir à regra e não contar a história de Peter Parker, como vários filmes já o fizeram nas duas últimas décadas, embora homenageie todas as obras feitas à volta do super-herói.

Em primeiro lugar, é necessário explicitar que Universo-Aranha não conta a história de uma determinada personagem, mas sim do símbolo que as personagens usam. E é por isso que o filme tem seis Pessoas-Aranha de universos e circunstâncas diferentes, nomeadamente Miles Morales, o muito conhecido Peter Parker, Spider-Gwen, Spider-Man Noire, Spider-Ham, e SP//dr.

homem aranha no universo aranha

Embora todas estas personagens sejam distintas entre si, partilham os mesmos objetivos e motivações. E são essas diferenças e semelhanças entre as Pessoas-Aranha que tornam a história de Homem-Aranha: No Universo Aranha tão única e diferente de tantas outras contadas antes de si. Embora o filme tenha Miles Morales como personagem principal, a mensagem primária do filme é que não importa quem está debaixo da máscara, porque todas as pessoas podem usá-la. E é isso que faz transcender a ideia do Homem-Aranha neste filme, porque como é dito no trailer “What makes you different, is what makes you Spider-Man.” E apesar de essa frase não ser dita no filme em si, o significado dela está demonstrado ao longo das quase duas horas da obra.

Como reza o ditado, “ações valem mais do que mil palavras”, e esta obra cinematográfica está repleta de ideias novas e conceitos diferentes que fazem com que a personagem do Homem-Aranha chegue a novos patamares nunca antes atingindos. A começar pela narrativa, que desde início dá a entender que, embora este seja um filme animado, tem momentos muito emocionais, riscos e desafios convincentes, fruto do plano do vilão Kingpin.

homem aranha no universo aranha

Peter Parker é visto como um ícone ao longo do filme, como o verdadeiro super-herói que todos nós conhecemos. Daí o espanto de Miles, que também é fã do Homem-Aranha, quando ele se torna seu mentor. Miles sente a pressão de ter de ser um super-herói tão bom como ele e a história demonstra as formas como se apercebe que, para ser um bom Homem-Aranha, apenas precisa de ser ele mesmo, e não exatamente igual a Parker.

No que toca à visão artística da animação, esta é claramente baseada em livros de banda desenhada. Embora possa ser algo complicado entender e adaptar-se a ela no início do filme, ela contém momentos de tremenda qualidade e beleza. Homem-Aranha: No Universo Aranha usa a sua própria animação para contar a história, o que a torna um elemento chave para o seu sucesso.

Por exemplo, são utilizados panéis de texto quando Miles pensa para si mesmo (como se pode ver em banda desenhada), algumas personagens são desenhadas em estilos diferentes das restantes (como anime e cartoon), e quando existe um efeito sonoro alto, ele pode ser “lido” no ecrã. Para além disso, a animação usa uma palete de cores distintas, diferentes frame-rates, iluminação eclética e efeitos especiais únicos que conseguem criar um verdadeiro universo de banda desenhada.

homem aranha no universo aranha

A banda sonora também ajuda a perceber ainda mais a cultura e o universo de Miles, ao usar música original e canções de artistas Hip-Hop, que dão a entender o ambiente em que nos encontramos. Assim sendo, a sonoridade tem um papel importante na história, porque parece que as imagens são guiadas pelo ritmo da música, o que auxilia a manter a narrativa cativante e enérgica.

Homem-Aranha: No Universo Aranha é uma homenagem de qualidade ao super-herói, que usa imagens e animações únicas para contar a sua história de forma dinâmica e diferente. E é ao ser original que o filme é tao bem-sucedido, pois os seus criadores mantêm presente a mensagem principal que a Marvel e Stan Lee pretenderam passar quando criaram o Homem-Aranha. A mensagem de que este super-herói não é definido por quem usa o fato e a máscara, mas sim pelo facto de qualquer pessoa que queira ajudar outras se poder tornar no Homem-Aranha.