Homem do jogo

Hugo Rocha

Exibição muito positiva por parte do pivot do ABC/UMinho. Apesar de não ter jogado durante grande parte do segundo tempo, Hugo Rocha foi uma peça muito importante no triunfo do Académico. Para além dos sete golos que apontou e que o consagraram como o melhor marcador da partida, o experiente jogador de 36 anos assumiu sempre o papel de líder dentro da quadra, sendo recorrente vê-lo a dar indicações e a incentivar os seus colegas.

 

Em cima

Horácio Santos

Numa partida em que reencontrou o clube que representou durante a formação, o jovem de 20 anos foi um dos maiores destaques do Arsenal C. Devesa. Sempre ativo e bastante efusivo na forma de festejar e de incentivar os companheiros de equipa, Horácio Santos terminou o encontro como melhor marcador dos arsenalistas, juntamente com José Silva e André Ribeiro (quatro golos)

 

Adeptas do ABC/UMinho

Num jogo em que as bancadas estiveram longe de estar cheias, pese embora o facto de o Flávio Sá Leite ser o pavilhão onde ambas as equipas disputam os seus encontros caseiros, coube a quatro senhoras o papel de “animar” um pouco a partida. Face às escassas manifestações de apoio vindas da bancada, as quatro adeptas do ABC/UMinho acabaram por ser uma parte importante naquilo que foi a promoção do espetáculo.

 

Em baixo

16ª derrota do Arsenal C. Devesa

Apesar de já serem notórias algumas melhorias originadas pela entrada de Gabriel Oliveira, a verdade é que o clube minhoto continua a contar por derrotas todos os jogos que realizou na presente edição do Campeonato Andebol 1. Sendo certo que ainda há muitos jogos a disputar, a descida de divisão é um cenário cada vez mais real para o Arsenal C. Devesa

 

Darío Andrade

O facto de o ABC/UMinho ter defrontado o último classificado do campeonato permitiu ao técnico Jorge Rito gerir o plantel, mas a verdade é que a exibição do experiente jogador português ficou um pouco aquém do que era esperado. Apesar dos três golos que apontou, o atleta de 37 anos foi admoestado com dois minutos de suspensão por duas ocasiões, tendo a sua utilização sido escassa depois disso.