A Juventude de Viana recebeu, este sábado, no Pavilhão Municipal de Monserrate, o HC Braga. Numa partida a contar para a 16ª jornada do Campeonato Nacional da I Divisão, o conjunto vianense conseguiu levar a melhor sobre o seu rival e venceu por 2-0, com um golo marcado em cada parte.

Os primeiros 25 minutos de jogo caracterizaram-se pela falta de oportunidades de golo e acabaram com 1-0, num resultado favorável aos vianenses. Os pupilos de André Azevedo criaram a primeira chance do encontro, logo no primeiro minuto, por intermédio de Tó Silva, com um remate defendido por Constantino Acevedo.

Mais perigosa que os bracarenses, a equipa da casa dispôs de duas oportunidades seguidas para abrir o marcador: Nélson Pereira rematou para defesa do guarda-redes visitante e a bola sobrou para Gustavo Lima que, numa tentativa de aproveitar o ressalto, esbarrou, igualmente, com Constantino.

O HC Braga respondeu saindo para o ataque com Ângelo Fernandes, que viu o guarda-redes do conjunto da casa estar também à altura de evitar que a bola beijasse o fundo das redes. O equilíbrio era a nota dominante do encontro, mas o golo acabaria por chegar à passagem do minuto 22. Na sequência de uma boa jogada individual de Chico Silva, Remi Herman encostou para o fundo das redes, abrindo assim o ativo. O intervalo chegou com o 1-0 no marcador.

A vinda dos balneários trouxe mais do mesmo: poucas oportunidades claras, um golo apenas e uma Juventude de Viana mais ameaçadora. A primeira oportunidade voltou a pertencer à equipa da casa, através de Chico Silva, que chocou novamente com Constantino. Os braguistas responderam através de Castanheira, que viu o guarda-redes adversário defender o seu remate.

Aos 38 minutos, o conjunto de Viana enviou uma bola ao poste, por Nuno Santos, e, na sequência do lance, beneficiou de livre direto. A Juventude de Viana chegou assim ao segundo, depois de Luís Viana não desperdiçar o livre e o converter em golo. A formação da cidade dos arcebispos ainda esteve perto de diminuir a desvantagem, quando faltavam dois minutos para o apito final. Após roubo de bola de António Trabulo, Jorge Correia voltou a dizer presente e manteve o resultado em 2-0 até ao fim da partida.

O HC Braga desce, desta forma, ao nono posto da tabela classificativa, enquanto que a Juventude de Viana sobe ao sétimo lugar. As duas equipas voltam a jogar no próximo sábado: o Braga recebe o Paço de Arcos e a Juventude de Viana desloca-se ao terreno do SC Marinhense.