Mariana Silva conquistou o ouro nas vertentes rápidas e semi-rápidas. AAUM fez-se representar por sete atletas.

Mariana Silva, aluna que integra o curso de Línguas Aplicadas da Universidade do Minho, sagrou-se campeã nacional universitária nas provas rápidas e semi-rápidas de xadrez universitário. Em representação da Associação Académica da Universidade do Minho (AAUM), a atleta repetiu as vitórias de 2016 e 2017 no Campeonato Nacional Universitário (CNU).

A academia minhota fez-se representar por um total de sete atletas, dois femininos e cinco masculinos. Daniela Arruda foi terceira classificada na vertente de rápidas e garantiu a medalha de bronze para a AAUM. Rita Santos, da Universidade do Porto, ficou no segundo lugar do pódio. A classificação da prova semi-rápidas foi semelhante, tendo apenas Bárbara Henriques, atleta da Universidade de Aveiro que ficou em quarto na prova rápida, trocado de posição com Sofia Arruda.

Na vertente masculina, André Sousa (Universidade do Porto) foi o grande vencedor na categoria rápidas, seguindo-se de Hugo Ferreira (Instituto Politécnico de Tomar) e João Andias (Universidade de Lisboa). Já na prova semi-rápidas, Hugo Ferreira subiu ao lugar mais alto do pódio, tendo André Sousa sido segundo e André Fidalgo (Universidade Nova de Lisboa) terceiro. Guilherme Borges foi o melhor de entre os representantes da AAUM (quarto em rápidas e sexto em semi-rápidas).

As provas que consagraram Mariana Silva, agora vencedora do CNU de xadrez por três vezes e atleta feminina do ano da academia em 2017/2018, decorreram ao longo desta segunda e terça-feira, no Pavilhão Aristides Hall, em Aveiro.