Jana marcou o golo da vitória minhota aos 92 minutos do prolongamento e deixa as minhotas perto do Jamor.

A equipa feminina do SC Braga defrontou, este domingo, o Estoril Praia, num encontro relativo aos quartos-de-final da Taça de Portugal Allianz. As minhotas venceram o jogo por 2-3, após prolongamento.

As arsenalistas entraram neste jogo com o objetivo de passar à próxima fase. Nesse sentido, Francisca Cardoso marcou o primeiro da partida e do SC Braga. Durante toda a primeira parte, a formação minhota dominou o jogo. No entanto, a instantes do apito final do primeiro tempo, Mariana Coelho empatou a partida.

Na segunda parte, as Gverreiras do Minho não perderam o ritmo e mantiveram uma postura forte. Aos 75 minutos, Ágata Pimenta cruzou a bola para a grande área e Laura Luís cabeceou para dentro da baliza da equipa da casa.

O jogo corria de vento em popa para o SC Braga, mas foi o vento que traiu as minhotas. De livre direto, Catarina Carmo, que saltou do banco na segunda parte, entrou para marcar o golo do 2-2 para a formação de Cascais. O vento mudou a trajetória da bola e traiu a guarda-redes Rute Costa.

Até ao fim da partida, o empate manteve-se e as duas equipas tiveram de disputar o prolongamento. Aos 92 minutos do tempo extra, a brasileira Jana marcou o golo da vitória das arsenalistas. Até aos 120 minutos, as jogadoras do SC Braga trocaram bem a bola e seguraram o resultado.

Desta forma, as Gverreiras do Minho passam às meias-finais da Prova Rainha e têm como possíveis adversários o SL Benfica, o Clube de Albergaria e o Valadares Gaia.