Derrota em casa por 4-0 complicou luta pelo quinto lugar. Minhotos sofreram dois golos em cada parte.

Em jogo a contar para a 26º jornada da Liga NOS, o Moreirense recebeu o SL Benfica. Os minhotos acabaram derrotados por 0-4 e viram a série sem triunfos aumentar para três jogos.

A jornada anterior revelou-se negra para ambos os conjuntos. Os cónegos vinham de uma derrota e os encarnados de um empate. As águias queriam somar a oitava vitória consecutiva fora de portas, mas os seis jogos sem perder em casa por parte dos minhotos, inclusive um empate com o FC Porto, revelava o grau de dificuldade para ambas as turmas.

O confronto direto era prova viva do desnível entre as duas equipas: 19 vitórias para os vice-campeões nacionais, três empates e duas vitórias para o Moreirense. O panorama classificativo colocava pressão sobre as duas formações, com o Moreirense a ver os conterrâneos do Vitória SC subir provisoriamente ao quinto lugar, com os mesmos pontos (42 pontos). O SL Benfica viu a liderança ser ocupada pelos dragões com 63 pontos, mais 3 que os pupilos de Bruno Lage.

Tinha soado o apito inicial apenas à dois minutos e Pizzi teve, no pé direito, uma ocasião flagrante de golo. Após passe de Rafa, e na cara com Trigueira, o líder das assistências atirou a bola para a malha lateral. Os primeiros dez minutos foram pautados pela pressão alta dos forasteiros e pelas dificuldades dos cónegos em circular a bola na zona de construção. A partir daí, a equipa da casa conseguiu fluir mais o seu jogo, conseguindo passar a primeira linha de pressão encarnada.

Os encarnados começaram a deixar muito espaço vazio entre a defesa e os restantes elementos que continuavam a pressionar alto. A turma de Ivo Vieira aproveitou para circular a bola e lateralizar o jogo no seu terço ofensivo. Aos 25 minutos, Jonas, na cara do golo, tentou assistir o companheiro de equipa, mas a defesa do Moreirense limpou o lance.

Aos 30 minutos, Jonas chegou a fazer o gosto ao pé, mas o tento foi anulado por fora de jogo, com ajuda do vídeo-árbitro. O SL Benfica tentava aproveitar a profundidade e insistia com bolas para as costas da defesa minhota. Aos 36 minutos e a passe de Grimaldo, João Félix aproveitou o corte falhado de Ivanildo e, isolado, colocou o placard em 0-1.

Aos 42 minutos, Pizzi, através de canto, colocou a bola na cabeça de Samaris, que dilatou a vantagem para dois golos. O Moreirense, nos descontos da primeira parte, teve, na cabeça de Pedro Nuno, a hipótese de reduzir a desvantagem. Odysseas negou o golo.

O início da segunda parte começou com uma reação por parte de Ivo Vieira ao efetuar duas substituições ao intervalo. Apesar das mudanças foi a equipa que viajou de Lisboa que chegou ao golo por parte de Rafa Silva aos 48 minutos, colocando o resultado em 0-3

Apesar do início eletrizante, o jogo só viria a ter outro momento de destaque aos 82 minutos. Após um pontapé de canto e de uma confusão na grande área dos caseiros, Florentino aproveitou uma bola mal aliviada por Ibrahima e selou o resultado em 0-4.

Com este resultado os minhotos descem para a sexta posição, enquanto os encarnados assumem a liderança da Liga Nos. Na próxima jornada o Moreirense visita o Portimonense, enquanto o Benfica recebe o CD Tondela.