Depois de três desaires consecutivos, o SC Braga regressou aos triunfos diante o Rio Ave, Na próxima jornada há dérbi minhoto.

O SC Braga venceu, este domingo, o Rio Ave, por 1-2, com golos de Paulinho e Wilson no quarto de hora final. A deslocação a Vila do Conde, para a disputa da 24ª jornada da Liga NOS, terminou com o ciclo negativo do conjunto orientado por Abel Ferreira (a equipa minhota tinha perdido os últimos três encontros).

O SC Braga orientou toda a primeira parte do encontro, atacando e bloqueando acessos ofensivos ao Rio Ave. Claudemir e Fransérgio ameaçaram a baliza de Léo Jartim, mas faltou capacidade de definição ofensiva e as equipas recolheram para intervalo a zeros (0-0).

No reatamento da partida, a conjetura do jogo mudou. O primeiro e único golo do Rio Ave chegou e os minhotos sofreram com a desvantagem no marcador. Carlos Júnior bateu Tiago Sá e adiantou os anfitriões, aos 49 minutos. Apesar disso, sete minutos depois, os vila-condenses ficaram reduzidos a dez jogadores com a expulsão de Nikola Jambor.

Os arsenalistas voltaram, assim, a acentuar o clima ofensivo. O golo, ainda que posteriormente anulado, de Ricardo Horta aos 66 minutos subiu a intensidade do encontro. Depois foi a vez de Dyego e Raúl Silva medirem distâncias à baliza, rematando de cabeça, mas sem efeitos práticos.

A vantagem dos visitados perdurava no marcador, mas Abel Ferreira acertou nas substituições finais e o jogo virou. Paulinho, que havia sido lançado há cinco minutos, repôs a igualdade aos 77 minutos, despertando na equipa as esperanças de uma possível reviravolta. Wilson Eduardo acabou mesmo por fechar a contagem nos minutos de compensação, carimbando o triunfo para os visitantes.

Com este resultado, o SC Braga cimenta o terceiro posto com 52 pontos, ficando a cinco do FC Porto, segundo classificado. Por seu turno, o Rio Ave ocupa o nono lugar com 21. Na próxima jornada, os arsenalistas recebem o Vitória SC, sendo que o Rio Ave vai até Chaves.