As Gverreiras do Minho começaram a perder, mas deram a volta ao resultado. Segunda mão será jogada a 20 de abril, no Estádio 1º de Maio.

O Estádio da Tapadinha recebeu a primeira mão da meia-final da Taça de Portugal Allianz. Líderes do primeiro e segundo escalão, SL Benfica e SC Braga protagonizaram um duelo pela vaga na final no Estádio do Jamor, que terminou com a vitória bracarense, por 1-2.

As bancadas ainda se estavam a compor quando Darlene, numa excelente jogada individual, criou a primeira chance de perigo das encarnadas. O pendor ofensivo da equipa da casa foi uma constante, até que ao minuto 25, a avançada brasileira marcou mesmo. Darlene rodou à entrada da área e rematou para o primeiro do jogo, colocando o SL Benfica em vantagem.

A resposta das minhotas demorou a surgir. As oportunidades chegavam todas por parte das águias, que falhavam no momento da finalização. No entanto, após a conversão de um canto, Jana aproveitou uma má abordagem da guarda-redes encarnada e empatou a partida a uma bola, resultado que se manteve até ao regresso aos balneários.

Na segunda parte, as comandadas por Miguel Santos entraram com uma mentalidade mais pressionante, não deixando as encarnadas progredir no terreno de jogo. Ainda assim, a primeira oportunidade deste período surgiu dos pés de Geyse, a avançada do SL Benfica, que falhou na concretização.

O momento da reviravolta estava guardado para Ágata Filipa, que marcou um golo de antologia. A defesa surpreendeu tudo e todos ao colocar a bola na baliza na sequência de um canto surgido da direita, sentenciando a vitória bracarense por 1-2.

Com este resultado, o SC Braga está na frente da eliminatória da meia-final da Taça de Portugal Allianz. A segunda mão está marcada para o dia 20 de abril às 17h00, no Estádio 1º de Maio.