Com a derrota, a equipa de Abel Ferreira afasta-se do terceiro lugar.

O Estádio Municipal de Braga recebeu, este domingo, o confronto entre o SC Braga e o SL Benfica em partida a contar para a 31ª jornada da Liga NOS. A partida acabou 1-4 com golos de Wilson Eduardo, Rúben Dias, Rafa e bis de Pizzi.

A turma bracarense entrou em campo a seis pontos do terceiro classificado, o Sporting CP. Já os benfiquistas tentavam ganhar terreno ao FC Porto, que empatou frente ao Rio Ave na jornada presente.

A equipa da casa começou melhor com dois cantos marcados nos primeiros três minutos da partida e com diversas oportunidades de golo que assumiram a sua vontade de ganhar os três pontos. Aos 27 minutos os bracarenses tiveram a melhor oportunidade da primeira parte com um remate de Fransérgio por cima da barra da baliza de Odysseas. Aos 32, o brasileiro foi em direção da baliza benfiquista e sofreu penálti de Rúben Dias. Wilson Eduardo converteu em golo e colocou a equipa de Abel Ferreira em vantagem na partida.

Tiago Sá, aos 52 minutos, fez uma enorme defesa a um remate de João Félix e a bola não entrou na baliza por pouco.  Após a marcação de uma grande penalidade o Benfica consegue chegar ao empate com o número 21 a marcar. Aos 66, Pizzi voltou a marcar e bisou, novamente de penálti. O SL Benfica conseguia, assim, a reviravolta no marcador.

A equipa da luz voltou a marcar aos 69 por intermédio de Rúben Dias. Aos 90 minutos da partida foi altura do ex-jogador bracarense fazer o quarto das águias e fechar as contas da partida. Após Tiago Sá defender o remate de Seferovic, Rafa recuperou a bola, passou por dois jogadores minhotos e finalizou com sucesso.

Com este resultado a turma bracarense afasta-se do terceiro lugar e o SL Benfica fica na liderança isolada do campeonato. Na próxima jornada, a equipa minhota viaja até à Madeira para defrontar o Marítimo e os encarnados recebem o Portimonense.