Os cónegos somaram a quarta derrota em casa da época. Maras foi o homem que decidiu a partida.

O Moreirense recebeu, este sábado, no Estádio Comendador Joaquim de Almeida Freitas, o GD Chaves. Num jogo a contar para a 30ª jornada, os axadrezados não foram capazes de aproveitar o maior número de oportunidades criadas.

A primeira parte caracterizou-se por duas equipas com organizações defensivas sólidas e por um jogo de baixo ritmo, com poucos espaços para golo. Apesar disso, o Moreirense conseguiu ser mais perigoso que o GD Chaves.

A primeira oportunidade surgiu, apenas, aos 14 minutos. Pedro Nuno aproveitou um passe de cabeça de Camará para o centro da área, para fazer um remate acrobático. António Filipe defendeu em dois tempos o pontapé que foi à figura.

O momento mais perigoso dos primeiros 45 minutos chegou com Bressan. O bielorrusso meteu na esquerda para João Teixeira, que cruzou para a zona de finalização. Em excelentes condições para abrir o marcador, William não foi além de um raspão na bola, que foi ao lado.

Ainda antes da ida para os balneários, a turma de Ivo Vieira voltou a conseguir fazer os pupilos de José Mota tremerem. Depois de um canto curto, Arsénio cruzou para a cabeça de Camará, que, mais uma vez, encontrou António Filipe.

Na segunda parte, o jogo tornou-se mais aberto e as duas equipas passaram a arriscar mais com o objetivo de chegar ao golo. Ao fechar os primeiros dez minutos do segundo tempo, Arsénio cruzou da direita para Heriberto que, sozinho, rematou por cima da baliza do guarda-redes flaviense.

Aos 65 minutos, D’Alberto cruzou para o segundo poste, mas Nenê enviou a bola para fora. Os flavienses responderam, através de Bruno Gallo, com um remate na zona central defendido por Nuno Macedo.

O golo solitário surgiu aos 72, depois de uma falta ganha por William. Maras apareceu ao segundo poste para, de cabeça, responder de forma positiva ao livre batido por Ghazaryan. Os cónegos não desistiram e ainda tentaram inverter o resultado, mas, perante um Chaves capaz de sacudir a pressão, não tiveram sucesso.

O Moreirense continua, contudo, em quinto lugar, com 49 pontos, mais quatro que o sexto classificado. O próximo jogo dos pupilos de Ivo Vieira é no dia 28, pelas 20h, em casa do Boavista FC.